Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, string given in /home/mixse325/public_html/wp-content/plugins/wordpress-mobile-pack/frontend/sections/show-rel.php on line 37

Série fotográfica retrata a vida de militares transgêrenos

20 12

2015

O fotógrafo britânico Stephen King (não, não é o escritor) desenvolveu um projeto e fotografou pessoas trans do serviço militar do Reino Unido.

 

“Durante uma festa do Exército, Penny se fantasiou de colegial – com saia, peruca e tudo. Um de seus colegas disse que ela parecia confortável de saia e Penny percebeu que ele estava certo. Ela fez a transição em 2007 e recebeu todo o apoio de seus colegas.”

 

 

O título da série fotográfica é bem sugestivo: “Dry Your Eyes Princess” (Seque seus olhos, princesa). Trata-se de um termo depreciativo usado informalmente dentro das Forças Armadas para ridicularizar algum indivíduo que porventura chore e demonstre fraquezas/sofrimentos e incentivá-los a endurecer.

 

 

“Caroline nasceu em 1959 e começou a servir o Exército aos 14 anos. Ela foi a primeira trans a continuar prestando serviço militar na Inglaterra após ter feito a transição.”

 

 

“Christine entrou no serviço militar em 1979, quando tinha 22 anos. Em uma noite, ela e um amigo sairam para dançar vestidos de mulheres e foram pegos por oficiais. O sargento responsável pela equipe de Christine tentou intimidá-la de todas as formas, até que ela desistiu e deixou o Exército em 1984.”

 

 

 

 

 

 

 

 

“Todo esse tempo, ela se vestia escondida. Descobrindo a internet em 2000, sua vida mudou. Ela começou a conhecer outras pessoas trans e saiu publicamente pela primeira vez.”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No dia da exposição da série fotográfica no museu, fizeram um vídeo entrevistando o fotógrafo e algumas das participantes. No vídeo, elas falam um pouco de sua história, do que sentiram ao posarem para as fotos e como era ser um militar transgênero. É muito interessante o relato delas, vale a pena assistir ao vídeo, infelizmente o vídeo está em inglês, se você não conseguir entender, vale também pelas imagens:

Este post ainda não acabou, clique para ler mais

Este post ainda não acabou, clique para ler mais

Outras fotos:

King afirma que, em parceria com uma pesquisadora, entrevistou 20 pessoas trans do serviço militar sobre suas experiências pessoais e relacionadas ao exército. Pessoas LGBT só puderam ingressar nas Forças Armadas Britânicas a partir de 1990. Uma das curiosidades dos relatos, é que a maioria dessas pessoas entrevistadas afirmaram ter entrado para o serviço militar com o objetivo de que a “hiper-masculinidade” do ambiente resolvesse seu desconforto com a sua identidade de gênero.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2017 MixSea | Desenvolvido no Wordpress por Dk Ribeiro
%d blogueiros gostam disto: