Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, string given in /home/mixse325/public_html/wp-content/plugins/wordpress-mobile-pack/frontend/sections/show-rel.php on line 77

Série fotográfica sobre os “Almendrones”: taxis cubanos da década de 60

16 08

2015

Há uma polêmica no Brasil envolvendo o serviço Uber (uma espécie de motorista particular com preço semelhante ao dos táxis, mas com carros e serviços mais confortáveis) e os tradicionais táxis que acusam o “concorrente” de não pagar os devidos tributos. Num contexto diferente podemos ver Cuba: um país conhecido pelo visual retrô que o faz aparentar estar da década de 60 em virtude do histórico boicote econômico ao país. Com seus serviços de táxis não podia ser diferente.

Os chamados “almendrones”, embora em sua maioria ilegais e concorrentes dos táxis tradicionais (que são propriedade do governo), são muito comuns em Havana e representam como ninguém o visual do país com veículos produzidos em meados do século passado.

O boicote econômico e a falta de relação comercial com países como os EUA impediu a entrada de veículos novos à população e dificultou a restauração dos modelos antigos o que tornou viável o serviço dos “almendrones”. Todavia, como as relações entre os EUA e a ilha tem melhorado no governo Obama, não se sabe se o serviço dos antiguinhos será mantido por muito tempo.

Em visita ao país, o fotógrafo Meinicke capturou imagens desses automóveis e, numa relação antitética, os “amendrones” foram clicados por câmeras e lentes de última geração: o mais próximo da modernidade que esses carrinhos chegaram.

Vale ressaltar o valor histórico-cultural do país e dos “antigos táxis” que são mais um retrato da estética cubana.

E aí, que tal ir a Havana dar rolê de “almendrone”?

Como as lentes das câmeras podem retratar as paranóias modernas

10 08

2015

Mr. Toledano, fotógrafo, criou em 2004 uma série chama “Hope and Fear” (esperança e medo), com a ideia de representar as paranoias da sociedade norte-americana fazendo uma reflexão sobre as esperanças e os medos, anseios e dúvidas, que nos rondam.

g

O fotógrafo faz questão de frisar que todos os trajes são reais e não contém nenhum tipo de retoque digital. A proposta de fazer essa série é que o expectador reflita sobre questões como “O que nós amamos? Qual é a nossa função social e o que é adoração? Do que temos medo?”, que o próprio Toledano fez.

a

e

É interessante perceber que as  nossas inseguranças, esperanças, medos, anseios , dúvidas, no final das contas viram consumo. A pressão da sociedade, muitas vezes não nos deixa suportar ter o que temos, ou ser quem somos…

 continue lendo Mixsea

Continue lendo »

Artista consegue explicar palavras intraduzíveis usando uma série de ilustrações

24 07

2015

Quando se trata de língua, estamos também nos referindo à cultura, já que a língua é o reflexo do povo em que atua. As línguas têm suas limitações, por isso, existem algumas palavras que são intraduzíveis, elas não fazem sentido em outras línguas ou não transmitem o mesmo sentimento que tem na língua de partida, ou a cultura da língua de chegada não admite tal significado.

Pensando sobre essas questões, a artista Maria Tiurina criou a séries “Untranslatable Words” (em português, palavras intraduzíveis), em que apresenta ilustrações mostrando o significado que algumas dessas palavras intraduzíveis têm em suas línguas de origem. Seu trabalho artístico é feito com uma ilustração e a tentativa de uma explicação da palavra, em inglês.

O trabalho é bem interessante e consegue tirar, nem que seja de maneira simplória, palavras importantes de algumas línguas do limbo onde estavam entre os idiomas, além de ter ilustrações muito significativas e bonitas:

Palavras Intraduzíveis

Cafuné (português brasileiro): o ato de correr os dedos ternamente pelos cabelos de alguém

image

L’appel Duvide (francês): “a chamada do vazio” seria a expressão traduzida de forma literal, mas sua melhor explicação seria descrever o instinto que surge de pular de prédios altos.

image

Schadenfreude (alemão): sensação de prazer ao ver a desgraça dos outros.

image

Luftmensch (ídiche): se refere a alguém que é sonhador, e literalmente significa pessoa aérea, nefelibata.

icon continue Mixsea

Continue lendo »

© 2017 MixSea | Desenvolvido no Wordpress por Dk Ribeiro