Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, string given in /home/mixse325/public_html/wp-content/plugins/wordpress-mobile-pack/frontend/sections/show-rel.php on line 77

Série fotográfica sobre os “Almendrones”: taxis cubanos da década de 60

16 08

2015

Há uma polêmica no Brasil envolvendo o serviço Uber (uma espécie de motorista particular com preço semelhante ao dos táxis, mas com carros e serviços mais confortáveis) e os tradicionais táxis que acusam o “concorrente” de não pagar os devidos tributos. Num contexto diferente podemos ver Cuba: um país conhecido pelo visual retrô que o faz aparentar estar da década de 60 em virtude do histórico boicote econômico ao país. Com seus serviços de táxis não podia ser diferente.

Os chamados “almendrones”, embora em sua maioria ilegais e concorrentes dos táxis tradicionais (que são propriedade do governo), são muito comuns em Havana e representam como ninguém o visual do país com veículos produzidos em meados do século passado.

O boicote econômico e a falta de relação comercial com países como os EUA impediu a entrada de veículos novos à população e dificultou a restauração dos modelos antigos o que tornou viável o serviço dos “almendrones”. Todavia, como as relações entre os EUA e a ilha tem melhorado no governo Obama, não se sabe se o serviço dos antiguinhos será mantido por muito tempo.

Em visita ao país, o fotógrafo Meinicke capturou imagens desses automóveis e, numa relação antitética, os “amendrones” foram clicados por câmeras e lentes de última geração: o mais próximo da modernidade que esses carrinhos chegaram.

Vale ressaltar o valor histórico-cultural do país e dos “antigos táxis” que são mais um retrato da estética cubana.

E aí, que tal ir a Havana dar rolê de “almendrone”?

J.k Rowling explica porque os tios Durdleys odiavam Harry Potter

22 07

2015

Os Durdleys são os únicos familiares vivos de Harry Potter, mas a relação entre eles não era nada fraternal.

Tio Válter e tia Petúnia não gostavam de Harry, a razão pela qual os tios o maltratavam foi esclarecida pela criadora da história, J.K. Rowling:
Tia Petúnia sentia ciúmes das habilidades mágicas de sua irmã Lilan, e tio Valter odiava tudo que fugisse de sua realidade. Quando Petúnia recebeu a carta de Dumbledore dizendo que Lilian e Tiago haviam morrido, percebeu que não tinha outra escolha senão criar o pequeno Potter, mas o fez a contragosto, e o puniria por esse fardo durante toda sua infância. A raiva de Valter tem a ver com o mesmo sentimento que Snape tinha: Harry se parecia muito com seu pai, que ambos odiavam.

© 2017 MixSea | Desenvolvido no Wordpress por Dk Ribeiro