Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, string given in /home/mixse325/public_html/wp-content/plugins/wordpress-mobile-pack/frontend/sections/show-rel.php on line 77

O que é a torre do relógio? – “Por lugares incríveis” | Resenha

18 08

2015

Por Lugares Incríveis MIXSEA

 

Titulo: Por Lugares Incríveis

Autora: Jennifer Niven

Tradutora: Alessandra Esteche

Ano: 2015

Páginas: 336

ISBN: 8565765571

Editora: Seguinte

Nota: nota 4 MIXSEA

 

 

 

Oi pessoal, é meu primeiro post aqui no blog, espero que gostem!

Hoje eu escolhi falar para vocês sobre um livro que eu estou encantada, ele tem uma pegada mais séria, mas ao mesmo tempo ele te distrai e faz com que você se apaixone pelos personagens, e o mais importante, ele te leva a conhecer outra visão de um problema social que infelizmente ainda é um tabu na nossa sociedade.

O livro se chama ”Por lugares incríveis” da escritora Jennifer Niven, e é sobre dois jovens, o Theodore Finch e a Violet Markey. Finch é um garoto com vários problemas, em casa suas irmãs não se importam com ele, os seus pais acabaram de se separar e foi uma separação muito difícil e na escola ele é mais conhecido como Theodore Aberração, porém ele não deixa transparecer que isso o afeta. Do outro lado temos Violet, que estuda na mesma escola que Finch e tinha uma vida invejável, era popular, tinha uma família perfeita, sua irmã era a sua melhor amiga, mas tudo isso mudou de repente quando ela e sua irmã sofrem um acidente de carro e a irmã morre, Violet se sente culpada pela irmã ter morrido e não ela, não acha justo que ela seja feliz enquanto sua irmã esta morta, e por isso muda toda a sua vida.

“Nem sempre podemos enxergar o que os outros não querem que a gente veja. Principalmente quando se esforçam tanto para esconder.” (p. 295)

A historia começa com esses dois jovens se encontrando na torre do relógio do colégio onde eles estudam, ambos transtornados, e se encontram pela se encontram pela primeira vez, você imagina o porquê?

Não vou contar, para você descobrir vai ter que ir correndo ler!

“Quando andamos por aí, precisamos estar presentes de verdade, não enxergando através de lentes.” (p. 85)

por lugares incriveis MIXSEA

Depois de um conhecer o outro, Finch encontra em Violet alguém com quem finalmente pode ser ele mesmo, e a garota para de contar os dias e passa a vivê-los. O livro é ótimo, envolve o nascimento de um lindo romance e te leva a várias reflexões sobre o valor da sua própria vida. Ele esta disponível para compra  em várias livrarias espalhadas por todo o Brasil e também na versão digital para você baixar no seu celular, tablet ou computador.

“Conheço a vida bem o suficiente pra saber que não podemos acreditar que as coisas vão ser sempre iguais, não importa o quanto a gente queira. Não podemos impedir que as pessoas morram. Não podemos impedi-las de ir embora. Não podemos impedir nós mesmos de ir embora…” (p. 121)

Então essa foi a dica de hoje, espero que gostem do livro, se você já leu conte para gente nos comentários o que achou do livro, se ainda não leu, leia e depois vem aqui contar sua opinião. Beijinhos gente, até a próxima!

Os Dois Mundos de Astrid Jones | Resenha

07 08

2015

os dois mundos de astrid jones

 

 

 

Título: Os dois mundos de Astrid Jones

Autor: A. S. King

Tradutor: Santiago Nazarian

Ano: 2012 (USA)/ 2015 (BRA)

Páginas: 287

ISBN: 978-85-8235-269-4

Editora: Gutenberg

Nota: Avaliação Mixsea

 

 

Os dois mundos de Astrid Jones é um livro interessante em que uma menina de dezessete anos que adora filosofia e observar aviões, fica em dúvida sobre sua sexualidade, em uma cidade preconceituosa onde todos devem ser perfeitos. Sua família tem muitos problemas, sua mãe é viciada em trabalho e seu pai é viciado em drogas. Durante a aula de filosofia, sua professora discute sobre uma frase de Zenão de Eleia que fala:”O movimento é impossível”; Intrigada com essa afirmação Astrid faz de tudo para provar o contrário.

“Mas é bom amar uma coisa e não esperar nada em troca. É bom não haver discussão nem pressão alguma, ou qualquer boato de qualquer baboseira. É amor sem amarras. É o ideal.” (p. 28) 

os dois mundos de astrid jones

A mensagem que o livro trás é boa, ele prega a aceitação e a busca pessoal para definir quem você realmente é, mas confesso que fiquei meio perdida em alguns momentos em relação aos sentimentos da Astrid. Uma das coisas legais no livro é que ela manda o seu amor para os aviões, pois cada passageiro tem uma historia e nenhum deles irá julgá-la, a historias dos passageiros que estão no avião e o motivo de estarem indo para seu destino, aparece ao longo do livro. Astrid guarda um segredo de sua melhor amiga, e quando esse segredo vem a tona todos a sua volta começam a ver o mundo de uma forma diferente.

“Eu sou igual a um piloto de avião e um mecânico de carro. Eu sou igual a você. Você é igual a mim. Isso é universal. Exceto que não é.” 

os dois mundos de astrid jones

Não é o melhor livro que já li, mas com certeza vale a pena conferir e tirar duas próprias conclusões, porque ele pode te surpreender.  Os dois mundos de Astrid Jones tem uma trama leve mas com assuntos importantes que temos em nossas vidas, não é uma leitura bobinha, apesar de ser rápida.

© 2017 MixSea | Desenvolvido no Wordpress por Dk Ribeiro