Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, string given in /home/mixse325/public_html/wp-content/plugins/wordpress-mobile-pack/frontend/sections/show-rel.php on line 77

Escolas do usam a meditação para estimular o aperfeiçoamento pessoal dos estudantes e professores

24 03

2016

Quanta coisa aprendemos na nossa vida escolar não é mesmo? Raízes quadradas, Celomas, Mol, Orações subordinadas, Números irracionais, Geometria molecular, Dilatação térmica, Fossas oceânicas, e a lista segue… mas será que é isso mesmo que a vida nos quando crescemos?

Foi essa pergunta que motivou um grupo de pessoas a criar um projeto chamado MindEduca, no Espírito Santo, com a premissa de levar o conhecimento científico que engloba o desenvolvimento humano, com o objetivo de estimular o aperfeiçoamento pessoal, e consequentemente, em grupo. A meditação leva os estudantes a terem uma melhora de atenção e de aprendizagem, a diminuição do stress e a conscientização de qualidades como a amorosidade e o desapego.

Essa atitude me deixou muito feliz e intrigada. Há pouco tempo, vimos aquele caso que ficou famoso do aluno, do ensino fundamental, que de tão estressado e raivoso, entrou na sala dos professores de sua escola e quebrou praticamente tudo que estava a sua frente. Saber que há pessoas que se preocupam com o bem estar das crianças na escola me deixa feliz, pessoas que não querem só usar o cérebro delas como um HD armazenador que chega em casa com os olhos cansados e dores de cabeça. A final de contas a escola é também um lugar humanizador. É bom sempre pensar em que tipo de escola estamos colocando os nossos filhos, e em que tipo de experiencias que queremos que eles tenham neste espaço.

meditação

Regina Migliori, consultora em Cultura de Paz da Unesco que está colaborando com o projeto afirma: “Essa formação abordará a relação da pessoa consigo mesma, com suas ações no mundo e com a vida. Tem, ainda, o propósito de estimular a transformação pessoal de educadores em torno dos seguintes aspectos: emoções, atenção, convivência e processo decisório. Proporcionando, assim, a mudança de comportamento em seus contextos de vida

Após o sucesso de um teste do projeto que foi realizado em escolas do município de Serra, em 2014, o projeto será implementado aos poucos nas escolas das redes estadual e municipais do Espírito Santo, começando por uma etapa 100% dedicada aos educadores. Um alívio, não?

Fight like a GIRL: um projeto sobre mulheres fortes da fantasia que inspiram o mundo real

08 03

2016

destaque

“- Você luta como uma garota.
– Obrigada!”

A expressão que sempre foi (e infelizmente ainda é) utilizada de forma pejorativa agora vem ganhando força como elogio!! A desenvolvedora de games Carolina Porfírio (ou Kaol Porfírio) criou uma série de ilustrações em homenagem às mulheres fortes! Não necessariamente fortes de força bruta, músculo, mas personagens que não estão lá para serem salvas no topo do castelo e muito menos para serem o par romântico indefeso do personagem principal, não dependem de homem nenhum para serem quem são. Estamos falando de personagens femininas que sabem lutar pelos seus ideais, são confiantes e que inspiram muito as mulheres reais! Elas não precisam usar roupas hiper sexualizadas para chamar atenção e foram criadas para ter um papel forte dentro das suas tramas, muitas vezes sendo até as personagens principais.

Vejam algumas das imagens que ela já criou para essa série que, até agora, não tem previsão de fim:

arya_fight_like_a_girl

beatrix_fight_like_a_girl

Em entrevista para a Revista Fórum, Carolina conta que criou o projeto como desabafo:

É certo que nós, mulheres, somos pouco – e muitas vezes mal – representadas em jogos, filmes e séries. São poucas as mulheres das quais podemos nos orgulhar, que não são hipersexualizadas, que são protagonistas ou possuem um papel forte na trama.

É bacana ver que em cada publicação na sua página, Carolina conta um pouco sobre a personagem escolhida!

hermione_fight_like_a_girl

chihiro_fight_like_a_girl

hitgirl_fight_like_a_girl

katniss_fight_like_a_girl

ramona_fight_like_a_girl

A Carolina também fez ilustrações de mulheres reais para Think Olga como mostramos algumas aqui! Vocês podem ver por aqui toda essa coleção. 

Muito legal o que ela faz né? A loja Toda Frida fez uma parceria com ela e criou uma série de camisas com essas estampas! Conhecer um pouco mais dessas mulheres poderosas que inspiram muitas de nós no dia a dia :) é muito bom, pesquise mais sobre elas, e perceba que você pode ser uma inspiração também.

Youtube homenageia mulheres que fizeram a diferença no mundo, com mulheres que estão fazendo a diferença agora

08 03

2016

o Youtube está fazendo uma enorme campanha para empoderar e iluminar mulheres criadoras em 2016.

Para isso eles convidaram sete mulheres que são youtubers e que encontraram suas vozes através de seus vídeoa – a brasileira Jout Jout está inclusa nisso tudo– para homenagearem suas sete heroínas particulares. O resultado pode ser visto no vídeo que segue, chamado 100 Years of Incredible Woman (100 anos de mulheres incríveis).

A campanha foi feita de maneira com que as convidadas escolhessem mulheres que elas admiravam para prestar uma homenagem, e vestirem como tal, para lembrarem a todas as mulheres que o mundo sempre foi um mundo cruel com elas, e que não é agora que devem desistir. A homenageadas são: a atriz Katherine Hepburn, a empresária Madam C.J. Walker, uma das pioneiras da aviação Amelia Earhart, a escritora e militante brasileira Pagú, a pintora mexicana Frida Kahlo, a atriz Marilyn Monroe e a performer, artista plástica e ativista Yoko Ono. Todas elas lutaram, e muito, contra as adversidades, perseguições, racismo, desigualdade e machismo para que suas vozes fossem ouvidas

Com isso, o Youtube espera alcançar o maior número de mulheres possíveis, e se preciso, que elas façam vídeos para que suas vozes sejam ouvidas. E você, quem é a sua heroína? Até quando vai se calar?

MULHERES2

MULHERES4

MULHERES3

MULHERES7

MULHERES1

MULHERES6

MULHERES5

E ainda se questionam o porquê da internet estar tirando o telespectador da televisão….

A arte de reler

04 02

2016

Hoje em dia tudo se tornou descartável, você usa uma vez e já não serve mais. A cada dia aparecem coisas novas, atualizadas e aquilo que pra você era novo ontem, hoje já se tornou antiquado.

Seja uma musica, uma roupa, um celular, alguém… Sempre usamos a mesma desculpa de ”figurinha repetida não cola no meu álbum” , mas acontece que talvez fazendo assim perdemos uma grande oportunidade.

É fato que a cada dia estamos mais maduros, a cada dia nos tornamos mais responsáveis e começamos a ver o mundo com um olhar diferente, nunca será a mesma coisa, já dizia um importante filosofo, não é possível se banhar duas vezes no mesmo rio, da mesma forma que não é possível ler um mesmo livro duas vezes.

Se você der a chance a um livro antigo que está encostado na sua estante a tantos anos com toda certeza você irá se surpreender, você lerá com uma cabeça diferente, em um estado diferente, é claro que a mensagem final do livro será a mesma por que as palavras lá escritas não foram modificadas, mas pra você será diferente, você se lembrará de fatos simples que estão na narrativa e que não ficaram fixos em sua memoria e terá uma percepção dos acontecimentos de uma maneira mais próxima a você.

Com toda certeza o mundo se tornaria um lugar melhor para se viver se passarmos a aplicar a arte de reler, não quero dizer apenas reler um livro (o que eu aconselho que todos façam pelo menos uma vez), mas também reler o próximo, reler aquela musica que te lembra a infância, reler o amor a vida!

Precisamos falar sobre Star Wars – O Despertar da Força

08 01

2016

Imagem de star wars and movie

No fim do ano passado (2015, não 14, ok?) estreou nos cinemas do mundo um dos filmes mais aguardados de todos os tempos: star wars episódio 7 – o despertar da força. Que agradou a grande maioria dos fãs antigos e conquistou mais um monte novos não há duvidas. O 7º filme da série tem superado grandes bilheterias da história do cinema. Por isso, e muito mais, esse post é sobre o episódio 7 de star wars. Então, lá vão 7 tópicos sobre o filme (o universo no geral) que eu achei relevante (sem spoilers, portanto sem profundidade no enredo):

1º – PreImagem de force, jedi, and star warscisamos falar sobre Rey: Ela é uma das personagens principais do filme (talvez a principal) e a grande aposta para os próximos, mas o mais interessante é que Rey é uma mulher em um papel que normalmente é interpretado por homens na indústria do cine
ma (outro filme que traz personagens femininas fortes é Mad Max). Quem viu o filme sabe toda a relevância da personagem e quem não viu (o que você tá esperando?) com certeza vai se surpreender. A atriz – Daisy Ridley – é fantástica e cativante, fez total jus à importância da personagem para a trama e, com toda certeza, irá fazer muito mais.

2º – Precisamos falar sobre Finn: Outro personagem de suma importância para o filme é Finn. Stormtrooper fugitivo, Finn foi, brilhantemente, usado como amostra para humanizar e problematizar os soldados. Mas não só por isso, Finn representa uma quebra da soberania de personagens brancos do cineImagem de finn, tfa, and john boyegama. Algo muito decorrente, principalmente com adaptações, é o “whitewashing”, ou
seja, um embranquecimento de personagens. No caso de Star Wars, um personagem principal negro rompeu com isso. E que personagem sensacional!

3º – PRECISAMOS falar sobre o robozinho BB-8: O mais cativante de todos presentes no filme: BB-8. Um robozinho que proporcionou cenas maravilhosas de se assistir. Não há como descrever aquela coisinha sem ser mostrando, por isso, fica aí esse vídeo:

4º – Oscar Isaac e um elenco sen-sa-cio-nal: Oscar Isaac, lupita nyong’o, Daisy Ridley, John BoyegImagem de poe dameron, star wars, and oscar isaaca, Adam Driver, Harrison Ford, Carrie Fisher, Gwendoline Christie e outros formaram um elenco incrível, que proporcionaram cenas e momentos espetaculares! A dinâmica dos personagens e as brilhantes atuações durante todo o filme foram deliciosos de assistir. Destaque, entre o elenco, para Oscar Isaac (Poe Dameron), que, aparentemente, é o novo queridinho da internet (e não é atoa).

5º – AH! As referências: Quem é fã da série não deixou de sorrir com a primeira aparição de Han Solo e do Chewbacca e a cada frase ou cena referência aos filmes antigos, como chamar a Millennium Falcon de lixo (alô Luke Skywalker no episódio IV). O filme mirou no futuro com um pezinho no passado e esse pezinho deixou momentos marcantes para qualquer fã da saga. Mesmo quem não é fã sentiu a nostalgia que o filme transmitiu, talvez, ou principalmente, por ter sido feito por um declarado fã da série: J.J. Abrams.

6º – A INTERNET VAI EXPLODIR COM TANTAS TEORIAS: Se tem uma coisa que o episódio VII fez foi abalar a internet. O merchandising da Disney foi excepcional (quem lembra da barrinha de carregar do google em forma de lightsaber) e logo após a estreia do filme várias teorias sobre os personagens, o que irá acontecer, a relação com o passado tem tomado conta. Eu já li algumas excepcionais, mas não vou postar aqui. Quem tiver interesse, jogue no google: star wars theories e se divirta. NÃO recomendo fazer isso sem ter visto o filme, sério. Contém muitos spoilers.

7º – Mal podemos esperar para o próximo episódio: O próximo filme da série será um spin-off chamado “Rogue one- a star wars story” com data de lançamento para 2016. Já a sequência do Despertar da Força tem data marcada para 2017 e mal podemos esperar por ele! Mas, enquanto 2017 não chega nos resta esperar e procurar entender um pouco mais sobre esse universo que vai muito além dos cinemas – sério – ou rever o episódio VII muitas e muitas vezes, porque é bom demais! 😀

BB-8, FINN, REY, CHEWIE AND HAN AT THE MILLENNIUM FALCON. (A dinâmica desse grupo é uma das melhores coisas do filme).

Obs.: Tem tanta coisa nesse filme que é MARAVILHOSO, alguns nem tanto (Kylo Ren), mas eu tentei ao máximo não dar spoilers. Inlcusive, ninguém deveria saber algo sobre o filme antes de vê-lo, a surpresa do plot é uma das melhores sensações.

© 2017 MixSea | Desenvolvido no Wordpress por Dk Ribeiro