A luta por direitos da comunidade LGBT é representada no filme “Freeheld”

28 07

2015

Freeheld

“Freeheld”, sob a direção do Peter Sollett, e baseado em um documentário de mesmo nome vencedor do Oscar em 2008, é um filme baseado em fatos reais e conta a historia de Laurel Hester (será interpretada por Julianne Moore) que descobre um câncer já em estado avançado, e então, ela e sua parceira Stacie Andree (será interpretada por Ellen Page), começam uma intensa luta judicial para que Stace tenha o direito de receber a pensão de Laurel quando ela morrer.

Com atores gabaritados e historia relevante, o longa esta com muito potencial e já é um material para ficarmos atentos na corrida para o Oscar 2016. Confira o trailer:

Não e novo esse assunto de busca aos direitos LGBT, recentemente, os Estados Unidos legalizou em todos os estados, o casamento gay, e a luta vem aos poucos ganhando espaço, a proposta do filme é bem honesta e mostra alguns dos muitos sentimentos que eles têm ao lutar por seus direitos, mostra o preconceito e o apoio, envolvido em uma situação extremamente delicada, que é a doença terminal da personagem principal. Ao assistir o filme, é importante que esteja com o coração aberto e se coloque no lugar dessas pessoas que não querem seus direitos declinados só por amarem de um jeito que talvez não seja o seu.

Nos EUA “Freeheld” estreia em outubro ainda neste ano, não temos uma data de estreia definida para o Brasil.

Artista consegue explicar palavras intraduzíveis usando uma série de ilustrações

24 07

2015

Quando se trata de língua, estamos também nos referindo à cultura, já que a língua é o reflexo do povo em que atua. As línguas têm suas limitações, por isso, existem algumas palavras que são intraduzíveis, elas não fazem sentido em outras línguas ou não transmitem o mesmo sentimento que tem na língua de partida, ou a cultura da língua de chegada não admite tal significado.

Pensando sobre essas questões, a artista Maria Tiurina criou a séries “Untranslatable Words” (em português, palavras intraduzíveis), em que apresenta ilustrações mostrando o significado que algumas dessas palavras intraduzíveis têm em suas línguas de origem. Seu trabalho artístico é feito com uma ilustração e a tentativa de uma explicação da palavra, em inglês.

O trabalho é bem interessante e consegue tirar, nem que seja de maneira simplória, palavras importantes de algumas línguas do limbo onde estavam entre os idiomas, além de ter ilustrações muito significativas e bonitas:

Palavras Intraduzíveis

Cafuné (português brasileiro): o ato de correr os dedos ternamente pelos cabelos de alguém

image

L’appel Duvide (francês): “a chamada do vazio” seria a expressão traduzida de forma literal, mas sua melhor explicação seria descrever o instinto que surge de pular de prédios altos.

image

Schadenfreude (alemão): sensação de prazer ao ver a desgraça dos outros.

image

Luftmensch (ídiche): se refere a alguém que é sonhador, e literalmente significa pessoa aérea, nefelibata.

icon continue Mixsea

Continue lendo »

Wagner Moura brilha como famoso traficante na nova série “Narcos” da Netflix

22 07

2015

O talento de Wagner Moura é indiscutível e ele já nos provou isso muitas vezes, mas o seu papel de destaque na série promete mostrar isso ao resto do mundo.

“Narcos” conta a história do cartel de Medellín, um grupo de tráfico de drogas dos anos 80 chefiado pelo colombiano Pablo Escobar (Wagner Moura). O cara, um dos traficantes mais conhecidos do mundo, é perseguido pelos policiais vividos por Boyd Holbrook (“Garota Exemplar”) e Pedro Pascal (“Game of Thrones”) e tem diversas relações políticas pelo mundo. Os episódios de “Narcos” chegam ao Netflix no dia 28 de agosto.

Série da Netflix baseada em “Desventuras em Séries” ganha primeiro teaser

22 07

2015

O projeto da Netflix baseado na série de Livros de Daniel Handler, “Desventuras em série” acaba de ganhar seu primeiro teaser.

Mesmo sem ter seu elenco e direção confirmados, a série tem estreia prevista apenas para 2016, mas já estamos morrendo de amores, é claro. Veja:

J.k Rowling explica porque os tios Durdleys odiavam Harry Potter

22 07

2015

Os Durdleys são os únicos familiares vivos de Harry Potter, mas a relação entre eles não era nada fraternal.

Tio Válter e tia Petúnia não gostavam de Harry, a razão pela qual os tios o maltratavam foi esclarecida pela criadora da história, J.K. Rowling:
Tia Petúnia sentia ciúmes das habilidades mágicas de sua irmã Lilan, e tio Valter odiava tudo que fugisse de sua realidade. Quando Petúnia recebeu a carta de Dumbledore dizendo que Lilian e Tiago haviam morrido, percebeu que não tinha outra escolha senão criar o pequeno Potter, mas o fez a contragosto, e o puniria por esse fardo durante toda sua infância. A raiva de Valter tem a ver com o mesmo sentimento que Snape tinha: Harry se parecia muito com seu pai, que ambos odiavam.

© 2017 MixSea | Desenvolvido no Wordpress por Dk Ribeiro