As lindas e premiadas fotos tiradas de iPhones

26 09

2016

A verdade é que você não precisa de uma câmera profissional para registrar uma boa imagem, a câmera de um iPhone é o suficiente para chocar as pessoas com suas habilidades fotográficas. Os vencedores dos 2016 Photography Awards iPhone (IPPAWARDS) podem provar isso.
Recentemente, a nona edição anual do IPPAWARDS terminou, e os vencedores foram anunciados. De simples fotos de paisagem para fotos de animais adoráveis – todos eles são absolutamente incrível. Dê uma olhada:

Elaine Taylor, United Kingdom, 1st Place, Portrait

Elaine Taylor, United Kingdom, 1st Place, Portrait

Erica Wu, EUA, 1st Place, Animals

Erica Wu, EUA, 1st Place, Animals

Fugen Xiao, China, 1st Place, Travel

Fugen Xiao, China, 1st Place, Travel

Jian Wang , China, 1st Place, Architecture

Jian Wang , China, 1st Place, Architecture

K.k , China, 1st Place, Children

K.k , China, 1st Place, Children

Yongmei Wang, China, 2nd Place, Sunset

Yongmei Wang, China, 2nd Place, Sunset

Junfeng Wang, China, 1st Place, Nature

Junfeng Wang, China, 1st Place, Nature

Jinsong Hu, China, 3rd Place, Abstract

Jinsong Hu, China, 3rd Place, Abstract

Lone Bjorn, Switzerland, 1st Place, Flowers

Lone Bjorn, Switzerland, 1st Place, Flowers

Andrew Montgomery, United Kingdom, 1st Place, Food

Andrew Montgomery, United Kingdom, 1st Place, Food

Shiyang Han, China, 3rd Place, Travel

Shiyang Han, China, 3rd Place, Travel

Xia Zhenkai, China, 1st Place, People

Xia Zhenkai, China, 1st Place, People

Siyuan Niu, China, Grand Prize Winner

Siyuan Niu, China, Grand Prize Winner

Yuki Cheung From Hong Kong, 1st Place, Lifestyle

Yuki Cheung From Hong Kong, 1st Place, Lifestyle

 

Para conhecer todos os vencedores e saber mais sobre o IPPAWARDS acesse: ippawards.com

Fotógrafa retrata a realidade de 5 países onde ler é um ato de ousadia para as mulheres

15 05

2016

Nos países Árabes, um número enorme de mulheres não tem direito à alfabetização básica. A fotógrafa Laura Boushnak visitou alguns estados árabes para documentar o quadro da educação dessas mulheres. A série de fotografias intitulada “Eu Leio, Eu Escrevo” reúne registros de cinco países: Tunísia, Iêmen, Jordânia, Kuwait e Egito.

A Tunísia parece ser o Estado que oferece as melhores condições de ensino para as mulheres. Quando esteve lá, Boushnak concentrou sua atenção no papel das mulheres na militância política. A fotógrafa conheceu a estudante universitária Asma Iê, que tem rabiscada na parede do seu quarto a mensagem “O povo quer a queda do regime”, um slogan popular da Revolução de Jasmim, ocorrida entre 2010 e 2011.

Eu Leio, Eu Escrevo MIXSEA.COM.BR

Eu Leio, Eu Escrevo MIXSEA.COM.BR 2

Eu Leio, Eu Escrevo MIXSEA.COM.BR 3

Situação completamente diferente da encontrada por Boushnak na região rural do Iêmen, onde as meninas enfrentam salas de aula superlotadas e uma infraestutura precária.

Eu Leio, Eu Escrevo MIXSEA.COM.BR 4

Eu Leio, Eu Escrevo MIXSEA.COM.BR 5

Eu Leio, Eu Escrevo MIXSEA.COM.BR 6

Nos subúrbios de Amã, na Jordânia, Boushnak retrata a alfabetização de mulheres de cinquenta e sessenta anos. Pela manhã, durante duas horas, elas lêem o Alcorão, livro sagrado do Islã, e, depois, praticam o inglês e a matemática.

Eu Leio, Eu Escrevo MIXSEA.COM.BR 7

Eu Leio, Eu Escrevo MIXSEA.COM.BR 8

No Kuwait, onde a própria Boushnak cresceu, o número de mulheres que frequentam as universidades é igual ao dos homens. O diretor de uma das escolas visitadas pela fotógrafa acredita numa dupla ênfase em educação e cultura.

Eu Leio, Eu Escrevo MIXSEA.COM.BR 9

Eu Leio, Eu Escrevo MIXSEA.COM.BR 10

Eu Leio, Eu Escrevo MIXSEA.COM.BR 11

Já no Egito, onde dados de um relatório de alfabetização da UNESCO dizem que 34% das mulheres acima de 15 anos são analfabetas, Boushnak conheceu a Associação de Desenvolvimento e Valorização da Mulher, que oferece aulas gratuitas para as mulheres do bairro onde está localizada. Ela diz que muitas das mulheres que frequentam o programa são alfabetizadas, o que permite a elas ler os sinais de trânsito, contar dinheiro, ler prescrições médicas, e, o mais importante, incentivar seus filhos a permanecerem na escola.

Eu Leio, Eu Escrevo MIXSEA.COM.BR 12

Eu Leio, Eu Escrevo MIXSEA.COM.BR 13

Eu Leio, Eu Escrevo MIXSEA.COM.BR 14

Eu Leio, Eu Escrevo MIXSEA.COM.BR 15

“Eu quero aprender a ler e escrever para entender melhor a vida. Meu sonho é ser educada”.

Em uma bela apresentação no TED, a fotógrafa fala um pouco sobre o projeto e como ele a transformou:

Fonte: razoesparaacreditar

Fotógrafa trabalha com pintura com luzes imagens em movimento

26 04

2016

A fotógrafa Lucea Spinelli trabalha com pintura com luzes e resolveu inovar usando imagens em movimento. O resultado é bem legal e bonito, ela trabalha com a luz em lugares ótimos aonde ela pode significar várias coisas ao mesmo tempo.

“Ao fazer exposições longas, a película (ou sensor) torna-se uma tela enquanto o obturador permanece aberto, permitindo que a luz atue como uma tinta em um pincel” – explica Spinelli.

Veja o resultado desse trabalho:

Pintura de luzes - Gif animado 1

Pintura de luzes - Gif animado 4

Pintura de luzes - Gif animado 9

Pintura de luzes - Gif animado 10

Pintura de luzes - Gif animado 6

Pintura de luzes - Gif animado 14

Pintura de luzes - Gif animado 5

Pintura de luzes - Gif animado 7

Pintura de luzes - Gif animado 13

Pintura de luzes - Gif animado 12

Pintura de luzes - Gif animado 11

Pintura de luzes - Gif animado 8

Pintura de luzes - Gif animado 3

Pintura de luzes - Gif animado 2

Fotógrafa retrata os vários tipos de beleza feminina pelo mundo

03 03

2016

A fotógrafa romena Mihaela Noroc criou uma série fotográfica chamada “The Atlas of Beauty” (o atlas da beleza, em português), o propósito é não tratar a beleza como algo que tem a ver com a moda, mas sim com cultura. A jornada de viagens pelo mundo para tirar as fotos iniciou em 2013 e durou 15 meses, fotografando mulheres de 30 países em todos os continentes.

Beleza significa diversidade e eu viajo o mundo para descobri-la“. É assim que a fotógrafa romena define seu projeto.

Confira as belezas que ela encontrou pelo mundo:

atlas5

Coreia do Norte

atlas12

Chile

atlas14

Peru

atlas20

Finlândia

atlas18

Cuba

Este post ainda não acabou, clique para ler mais

Este post ainda não acabou, clique para ler mais

Continue lendo »

O que tem por trás das fotos do Instagram?

22 02

2016

É claro que uma fotografia não captura tudo que está no ambiente, mas o pouco que ela retrata, manipula as conclusões de quem vê a foto. Sabemos também, que isso é muito usado para criar realidades diferentes nas redes sociais. O Instagram, como uma rede social somente de foto, tem muito disso: manipulação da verdade através das fotos.

Foi pensando nisso que Chompoo Baritone, fotógrafa Tailandesa, criou este ensaio fotográfico mostrando o contexto e trazendo a realidade externa para as imagens publicadas no Instagram.

instagram-lie-photos-crop-slowlife-chompoo-baritone-10

instagram-lie-photos-crop-slowlife-chompoo-baritone-9

instagram-lie-photos-crop-slowlife-chompoo-baritone-8

instagram-lie-photos-crop-slowlife-chompoo-baritone-7

instagram-lie-photos-crop-slowlife-chompoo-baritone-4

instagram-lie-photos-crop-slowlife-chompoo-baritone-3

instagram-lie-photos-crop-slowlife-chompoo-baritone-2

instagram-lie-photos-crop-slowlife-chompoo-baritone-1

© 2017 MixSea | Desenvolvido no Wordpress por Dk Ribeiro