Kramer vs Kramer – Um drama para assistir | Crítica

16 02

2016

Há menos de duas semanas da tão esperada premiação do Oscar, lembramos de um dos dramas mais emocionante e premiado da história da Academia, Kramer versus Kramer (1979), é protagonizado por Dustin Hoffman e coadjuvado por Meryl Streep.

 

Título: Kramer versus Kramer

Direção e Roteiro: Robert Benton

Ano: 1979

Duração: 1hora e 45 minutos

Nacionalidade: EUA

Gênero: Drama

Nota: nota 5 MIXSEA

O filme conta a história de uma família em crise matrimonial, Ted e Joanna são um casal que vivem em desacordo sobre as prioridades do marido com a família, o trabalho está sempre em primeiro lugar, Joanna saturada pela situação abandona o lar, deixando Billy, o filho do casal por conta de Ted. O Pai então ausente passa a ter obrigações domésticas e paternas à conciliar com o trabalho e que após algum tempo conseguem se ajustar. No entanto, Joanna volta e quer ficar com o filho, a recusa de Ted em ceder a guarda acaba por uma disputa judicial de custódia do filho no tribunal.

Kramer versus Kramer foi um grande vencedor de cinco estatuetas do Oscar de 1980; melhor filme, melhor diretor, melhor ator (Dustin Hoffman), melhor atriz coadjuvante (Meryl Streep) e melhor roteiro adaptado.

Atualmente o filme se encontra disponível para região do Brasil no serviço de streaming Netflix, é uma ótima dica para quem está cansado das mesmas indicações que o aplicativo insiste em destacar, mas aviso, prepare o lenço de papel porque a emoção tomará conta.

© 2017 MixSea | Desenvolvido no Wordpress por Dk Ribeiro